Casa Nik
17 de abril de 2021

Casa Bini

Esta casa para um casal e seus três filhos pequenos está localizada em um lote de esquina em Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, estado do extremo sul do Brasil. O programa é de uma casa com quatro suítes e área social integrada com varanda e cozinha. Completam o programa um pequeno escritório, a lavanderia, depósito, banho de serviço e o lavabo social. As estratégias bioclimáticas norteiam o partido. Todas as suítes têm as aberturas orientadas para leste. As suítes dos filhos estão no pavimento térreo dispostas linearmente no sentido norte sul do lote. Rompendo a linearidade dos dormitórios, ortogonalmente em direção leste/oeste, surge a área social com a grande varanda sul voltada para piscina. Aberturas norte e sul com ventilação cruzada garantem conforto térmico nos meses quentes, além de maior integração com as áreas externas. A cozinha tem portas que podem mantê-la privada ou mais aberta à área social e também tem entrada de luz de norte e oeste. Um grande corredor de acesso se forma acompanhando a linearidade dos quartos e, como um passeio arquitetônico, dirige o usuário até a área social. Ladeado por um grande vidro que vislumbra o jardim lateral conduz ao ingresso na área social onde descortina-se o estar, jantar, varanda e o pátio sul com a piscina ao fundo. Por fim, pousa-se a suíte principal acima do arranjo arquitetônico, sem alcançar as extremidades, solta sobre a composição. E de modo a reforçar sua excepcionalidade no conjunto, esse segundo pavimento ganha revestimento total em madeira. Como sistema construtivo pilares e vigas em concreto moldados no local apoiam lajes pré-moldadas no térreo, elevado 30cm do solo, e na cobertura. A laje de cobertura é caminhável e serve também como área técnica para instalação das placas solares que alimentam o boiler de aquecimento de água e o sistema de aquecimento da piscina. As paredes de fechamentos são em tijolos e ganham reboco interno e externo. Todas as paredes externas são duplas e contribuem para a inércia térmica, necessária na região de clima frio. A escolha pela cor branca em todo pavimento térreo, bem como os elementos vazados brancos que garantem privacidade ao pátio das suítes, expõe uma ideia de economia de meios: dois revestimentos resolvem a casa externamente.


Arquiteto responsável: Rodrigo Troyano
Equipe de Projeto: Rodrigo Troyano, Mariana Peruffo, Gianluca Perseu e Nicolle Bertolucci.
Projeto estrutural, hidrossanitário e elétrico: Engenheiro Marçal Sulzbach.
Construção: Sulzbach Construtora.
Localização: Porto Alegre, RS, Brasil
Ano de conclusão da obra: 2016
Área total construída (m2): 347m²
Fotógrafo: Lorenzo Fantoni